Ouça nossa webradio

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Rádio comunitária é selecionada para receber Ponto de Cultura


O PROJETO NOVO TEMPO CULTURAL, da Associação Comunitária de Louveira, foi um dos 300 selecionados nesta segunda-feira, dia 16 de novembro, em cerimônia realizada na Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo com a participação de representantes do Ministério da Cultura (MinC).

Esse projeto é um convênio entre o Governo Federal e o Estadual e visa apoiar entidades e incentivar iniciativas da sociedade civil por meio do fomento, difusão, produção e formação cultural.

Foram inscritos neste edital 1.188 projetos de todo o Estado de São Paulo. Cada projeto receberá um total de R$ 180 mil ao longo de três anos. O valor total de recursos é de R$ 54 milhões, sendo R$ 36 milhões do Ministério da Cultura e R$ 18 milhões da Secretaria de Estado.

O PROJETO NOVO TEMPO CULTURAL foi idealizado pelo jornalista Eduardo Sona e tem por objetivo ser um centro de cultura voltado para a formação dos jovens através da comunicação e da inclusão digital, resgate das tradições e levantamento da história da cidade de Louveira.

O projeto após implantado, será um centro de apoio às oficinas e workshops sobre os mais variados assuntos, principalmente, os relativos à história da cidade.

Neste local serão ministradas palestras, oficinas, workshops e cursos diversos sobre os mais variados assuntos como arte digital, inclusão digital, cidadania, história, filosofia, etc. Todas as oficinas resultarão em trabalhos a serem apresentados através da Internet em site especialmente desenvolvido pelo projeto.

Aproveitando o espaço disponível, pretende-se também montar – com a ajuda dos grupos de jovens – um museu virtual da cidade. Toda a pesquisa e digitalização do acervo serão realizadas pelos próprios alunos.

À partir da implantação e pelo fato de funcionar junto à Rádio Comunitária, todas as ações do Centro Cultural será devidamente coberta pela emissora, que manterá em sua grade de programação um horário específico para isso. Essa programação, agregada a outros trabalhos realizados pelos alunos, também será veiculada pela Internet através do site da emissora.

Entre as oficinas e cursos oferecidos, os jovens encontrarão diversos deles da área de comunicação como locução, produção e história da música. Nesse caso, além dos trabalhos específicos a serem realizados nos cursos, os alunos poderão também colocar seus projetos em prática através da emissora de FM.

A união da teoria e da prática oferecerá aos jovens novas possibilidades profissionais e educacionais. Além da transmissão via FM, a Internet será outro meio a ser amplamente utilizado no projeto.
Os alunos serão apresentados às novas ferramentas como as redes sociais e vídeos digitais. Após receberem os conceitos, seus projetos digitais serão veiculados e divulgados pela Internet. Com isso, rompe-se a barreira local, tornando esses trabalhos, interessante para outros grupos e cidades.

Unindo arte com o meio digital, os jovens terão em mãos novas ferramentas de comunicação que farão toda a diferença em seus futuros profissionais. É a arte e cultura promovendo, assim, a inclusão social entre os menos favorecidos.

Os Pontos de Cultura contemplam iniciativas que envolvem a comunidade em atividades ligadas à arte, educação, cidadania e economia solidária. Os grupos selecionados passam a receber recursos dos governos para potencializar seus trabalhos. Atualmente, existem 1.500 Pontos de Cultura espalhados pelo país, sendo que o Estado de São Paulo será o estado a ter a maior rede do País.

Sobre Eduardo Sona

Jornalista, radialista e palestrante, formado pela Faculdade Cásper Líbero e com passagens pelo Jornal da Tarde, Rádio Eldorado FM e Rádio Transamérica FM. Desde março deste ano é o responsável pela programação e jornalismo, da Rádio Comunitária Novo Tempo, da cidade de Louveira e conta com a ajuda da jornalista Juliana Horta - a Jujah para toda empreitada cultural.