Ouça nossa webradio

domingo, 15 de novembro de 2009

Mais um livro sobre rádios comunitárias

Chega às livrarias a nova coleção da Global Editora em parceria com a Ação Educativa – a Conexão Juventudes. O principal objetivo do projeto é conectar os jovens aos principais problemas da sociedade contemporânea, a partir de discussões que trazem à tona suas vivências pessoais cotidianas, interesses e expectativas. Os temas, que são sempre tratados de forma didática e provocativa, mostram diferentes perspectivas da questão, e principalmente, as possibilidades de ações coletivas transformadoras.

É com muita força e propriedade que as rádios comunitárias inauguram a coleção Conexão Juventudes. Escrito pelo jornalista Fred Ghedini, Nas ondas sonoras da comunidade – a luta pelas rádios comunitárias no Brasil relata a história de algumas rádios comunitárias no Brasil e no mundo, além da luta de pessoas que constroem esse tipo de comunicação.

Através de relatos, pesquisas e muito mais, o autor revela o que há por trás das vozes que escutamos de nossos aparelhos de rádio: as dificuldades, as leis, os ideais e a criação de oportunidades profissionais para muita gente, principalmente para os jovens.

Não é fácil estabelecer uma comunicação em que o ouvinte tenha participação ativa, mas certamente é possível. A democracia dentro da mídia pode acontecer, mas depende da batalha de pessoas engajadas de fato com esse compromisso, e elas existem. “Assim, a história das rádios comunitárias é inscrita na luta mais ampla pela democratização dos meios de comunicação no Brasil, terreno no qual o autor é um bravo e exímio guerreiro”, diz Vera Masagão Ribeiro, Doutora em Educação e coordenadora de programas da Ação Educativa.

Como diz Fred Ghedini em sua apresentação do livro: “Sintonize-se nas rádios comunitárias. Você vai ficar ligado”.

Sobre o autor: Fred Ghedini é jornalista, doutorando em Programa de Pós Graduação em Ciências da Comunicação na Escola de Comunicação e Artes de São Paulo (ECA-SP). Presidiu o Sindicato dos Jornalistas por duas gestões e sempre se interessou pela democratização nos meios de comunicação.

Fonte: Site Ação Educativa
Postado por Márcio às 05:18