Ouça nossa webradio

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Conferência de comunicação de Pernambuco tem significativa participação social


A diversidade de atores sociais foi a tônica da Conferência Estadual de Comunicação de Pernambuco. “Elegemos nossos 30 delegados da sociedade civil contemplando todos os segmentos que se apresentaram para a discussão, inclusive garantindo a representatividade regional”, afirmou Ivan Morais Filho do segmento da sociedade civil. Entre as propostas encaminhadas a regionalização da produção de conteúdo alcançou amplo apoio em todos os segmentos. A Conferência encerrou-se no domingo, após três dias de debates. Foram encaminhadas cerca de 500 propostas para a Conferência nacional, e eleitos 68 delegados: 30 da sociedade civil, 30 do setor empresarial e oito do poder público.

A sociedade civil garantiu, na delegação, a representação das três regiões do Estado: litoral, agreste e sertão. Na área metropolitana a representação da sociedade civil abarcou integrantes de rádios comunitárias, de sindicatos, do movimento pela democratização da comunicação, de defesa dos direitos humanos, de entidades de mulheres e de negros e da juventude. Mereceu destaque a proposta de produção local do material didático. Assim será possível reduzir os custos, gerar benefícios para a economia local e agilizar a distribuição.