Ouça nossa webradio

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

População do Geisel reclama da superlotação de ônibus coletivos


Não bastasse a tarifa de R$ 2,10, os ônibus de João Pessoa podem ser comparados com uma lata de sardinha. Estou falando na manhã de hoje, dia 03 de janeiro de 2011, onde passados 30 minutos de atraso, o ônibus 202 Geisel da linha Transnacional, além de atrasado, sai com mais pessoas do que permite a lotação. O acontecido se deu as 07: 06 da manhã quando, como de costume, chego no ponto final do 202 ás 06:30, pois sempre pego o 202 de 06:40 ou 06:50, mas nesta segunda-feira diminuíram os coletivos. Então, conseqüentemente não teria mais os horários de 10 em 10 minutos. O funcionário do posto fiscal só chega de 07:00 horas. Bem, só restava agora era pegar o dito cujo ônibus para não me atrasar ainda mais, só que nas paradas consecutivas entraram pessoas e mais pessoas que esperavam os anteriores. Vendo a cena, perguntei ao motorista porque diminuíram os números de coletivos, o mesmo me respondeu que era o mês de férias das escolas e então foi reduzida a frota.

Do ponto final até a principal do Geisel, o números de pessoas já ultrapassava porque sentimos na pele o aperto. Havia quatro idosos e três mulheres grávidas segundo uma funcionaria da AECT, que gritou ao motorista pedindo que não abrisse mais a porta, pois o ônibus já tava lotado. Não deu pra ficar calada: pedi permissão aos que estavam na “lata de sardinha” para fotografar e colocar no blog como forma de reivindicação e repúdio, haja vista que somos cidadãs e cidadãos que pagam seus impostos (que por sinal são altíssimos).

(Depoimento de Clareana Cendy, da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares)