Ouça nossa webradio

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Na Paraíba, 16 políticos possuem concessão de rádios e TV s


O Estado é o oitavo em todo Brasil em números de políticos comandando veículos de comunicação

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo Silva, defende que os políticos sejam proibidos de ter concessão de rádio e TV. A proposta consta do anteprojeto de lei de comunicação eletrônica deixada pelo ex-ministro Franklin Martins, que o governo colocará em discussão.

Na Paraíba 16 políticos possuem concessões de rádios e TVs, isso sem contar o caso onde os veículos encontram-se nas mãos de terceiros. O Estado é o oitavo em todo Brasil em números de políticos comandando veículos de comunicação. O levantamento foi feito pelo PolíticaPB tendo como base dados dos sites Donos da Mídia (www.donosdamidia.com.br) e Transparência Brasil (www.transparencia.org.br).

Segundo ele, "o congressista não pode ter concessão, para não legislar em causa própria". Ele duvida que o Congresso aprove a medida, em razão do grande número de políticos com concessões --61 eleitos em 2010 informaram possuir rádio ou TV. Para o ministro, é mais fácil iniciar um processo de impeachment de um presidente do que rejeitar a renovação de uma concessão de rádio ou de TV.

Os deputados federais que possuem concessões são os seguintes: Armando Abílio, Damião Feliciano, Efraim Filho, Marcondes Gadelha, Wilson Braga. Já os estaduais são Francisca Motta, Assis Quintans, Leonardo Gadelha e Raniery Paulino. Os senadores Efraim Morais e Roberto Cavalcanti possuem concessão.

Também existem concessões em nome dos seguintes prefeitos e ex-prefeitos: Antonio Ivo de Medeiros, Jose Ferreira de Carvalho, Nabor Wanderley, Rita Nunes, Salomão Benevides Gadelha.

A informação sobre se o parlamentar detém concessão de rádio ou televisão é obtida de suas declarações de bens à Justiça Eleitoral, a partir do que eles informam em seus perfis nas respectivas Casas legislativas e em outras fontes, segundo informações do Donos da Mídia.

Para se ter dimensão da influência da TV e do rádio na vida dos paraibanos a Paraíba apresenta bons índices em aparelhos de TV (92,75%) e rádio (84,52%), já em microcomputadores está abaixo da média nacional com índice de 10,61%. Os dados são do IBGE.

Na Paraíba existem 181 veículos de rádio e TV. O estado possui um alto número de rádios comunitárias, quase o dobro de rádios FM. São 73 rádios comunitárias, e apenas 37 rádios FM. A Paraíba possui sete geradoras, divididas entre a capital João Pessoa (4) e o município de Campina Grande (3), e ainda conta com 107 retransmissoras, sendo metade delas localizadas em prefeituras municipais, que retransmitem o sinal de redes privadas/comerciais. Ao todo, os estado da Paraíba recebe o sinal de 16 redes de TV.

PolíticaPB