Ouça nossa webradio

terça-feira, 16 de setembro de 2014


O MNRC não tem base no RS e SP, apenas.  Sua maior organicidade está no Estado de Santa Catarina,  juntamente com os demais Estados do Sul e Sudeste, além da Bahia e alguns focos em outros Estados. O MNRC não comunga do atrelamento de entidades representativas a partidos políticos ou pessoas.  O objetivo é a criação de uma nova entidade representativa a nível nacional, tipo: Associação Nacional de Rádios Comunitárias, já que o MNRC não é entidade representativa, mas apenas um Movimento Social que visa agregar todos os defensores, apoiadores e operadores de rádios comunitárias, como essência da democratização dos meios de comunicação.   
E não admitiremos que o Nome MNRC seja achovalhado, pois atualmente é a única força capaz de levar as reivindicações do meio com isenção e credibilidade.  O fato de alguns de seus integrantes apoiarem Dilma ou qualquer outro candidato comprometido com a causa, que não é o caso dos representantes empresariais, não lhe retira a legitimidade, até por que, todos temos responsabilidade sobre o que já se conquistou até aqui, principalmente de espaço institucional junto aos Governos, Poder Judiciario, OAB, Ministério Público Federal, UNESCO, OEA e ONU.   Se quiserem mais detalhes, não economizarei palavras para defender o MNRC-Movimento Nacional de Rádios Comunitárias.
MOVIMENTO NACIONAL DE RÁDIOS COMUNITÁRIAS-MNRC

João Carlos Santin
Frente de Direitos Humanos e Asssuntos Jurídicos