Ouça nossa webradio

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Radialistas comunitários protestam contra Dilma em ato público


Radialistas comunitários de vários estados do Brasil estiveram na Capital Federal neste dia 25 de agosto para Assembleia Geral da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), ocasião em que foram comemorados os dezoito anos de existência da entidade. Na pauta, a organização do Seminário da instituição que será realizado este ano e outros temas ligados ao setor.

Coordenadores gerais das Abraço estaduais de Rondônia, Santa Catarina, Distrito Federal, Bahia, Pernambuco e Mato Grosso estiveram na Praça dos Três Poderes onde ensaiaram um ato público, protestando contra o Governo da Presidente Dilma que, segundo eles, não atendeu às demandas do setor. “Não foi acrescentada uma vírgula na Lei 9.612, que atrapalha a organização e desenvolvimento das rádios comunitárias”, disse um dos coordenadores. A Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária é uma organização que surgiu em 1996, da necessidade de unificar a luta das rádios comunitárias na defesa pela liberdade de expressão e “para fortalecer a resistência à opressão imposta pelas forças repressoras do Estado brasileiro”.


“A ABRAÇO é uma organização de classe porque surge no enfrentamento ao monopólio dos meios de comunicação deste país, através da manifestação radiofônica das comunidades das cidades, periferias e do campo”, afirma a entidade em sua home page.