Ouça nossa webradio

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Funcionário da Prefeitura de Lagarto (SE) invade Rádio Comunitária e ameaça diretor


Na manhã do dia 13 de dezembro, mais um ato de violência contra a liberdade de imprensa e uma tentativa de homicídio foram registrados na cidade de Lagarto em Sergipe.
Tudo começou quando repórteres da Rádio Comunitária Juventude FM estavam acompanhando e tirando fotografias do trabalho de funcionários da Prefeitura Municipal. Os servidores locados na secretária de Obras estavam cortando uma árvore na Praça Filomeno Hora, centro do município.
Foi então quando um dos coordenadores fazendo uso de um facão resolveu ir até a emissora buscar explicações. O homem de nome Arnaldo Vinícius, com a farda da secretaria de Obras, invadiu a dependência da rádio com objetivo de ameaçar o diretor Aloísio Andrade, conhecido como Prefeitinho. Toda a ação do funcionário da prefeitura foi registrada pelas câmeras de segurança.
O Homem encontrou a porta aberta e subiu no prédio ostentando o facão. As câmeras registraram o funcionário circulando nas dependências da emissora e indo até a sala do diretor. Segundo Aloísio Andrade, o homem já chegou falando: “Se você mandar alguém tirar foto de novo eu corto vocês de facão. Olhe aqui o que tenho para vocês, mande de novo para você ver”.
O Diretor disse que pedia calma ao homem, mas ele estava muito nervoso e ao mostrar o facão repetia as mesmas palavras. O homem desceu as escadas e antes de ir embora bateu no portão com o facão.
Aloísio Andrade apresenta um programa jornalístico na Juventude FM de Lagarto e Preside a Federação Sergipana das Rádios Comunitárias. Prefeitinho foi à Delegacia Regional e registrou boletim de ocorrência por tentativa de homicídio.