Ouça nossa webradio

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

“Dono” de rádio comunitária em Cocal/PI denuncia atentado contra emissora


Casa da Cultura em Cocal, antiga estação ferroviária


O radialista Raimundo Martinho, que se diz proprietário da Rádio Comunitária Tropical FM de Cocal, Piauí, registrou ocorrência na delegacia de polícia da cidade em 4 de outubro de 2012, alegando que o elemento José Maria Monção, acompanhado por outra pessoa de nome Baia e por um guarda municipal, invadiu a Rádio Comunitária, ameaçando quebrar os equipamentos e exigindo que o locutor Carlos Renan retificasse divulgação de pesquisa eleitoral onde o filho do invasor, candidato a prefeito, aparece em desvantagem.

A população de Cocal deveria saber que Rádio comunitária não pertence a empresário.  Ela pertence à coletividade, a todos da região, e não a uma pessoa em particular. Numa emissora comunitária todos têm direito a voz. Todas as religiões, todas as opções sexuais, todos os empresários, todas as raças, etc. 

Rádio comunitária não pertence a nenhum partido. Ela tem que abrir espaço para todos os partidos políticos e jamais, como algumas, pertencer ao prefeito, ao secretário municipal, isso não permitido na Lei de Radcom e o parlamentar corre risco de perder o mandato.