Ouça nossa webradio

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Curral de Cima/PB é a última cidade da Paraíba a receber edital de Rádio Comunitária


O Ministério das Comunicações mapeou as últimas cidades ainda não incluídas em avisos para ter rádios comunitárias, entre elas Curral de Cima, na Paraíba.

O primeiro passo da nova gestão no Ministério das Comunicações para levar os serviços de radiodifusão a todos os municípios brasileiros já foi dado. O MiniCom identificou treze municípios que, além de não terem uma rádio comunitária, também nunca foram alvo de avisos de habilitação para autorizar o funcionamento desse tipo de veículo. Das cidades mapeadas, seis ficam na Grande São Paulo. Esses locais, no entanto, apresentam problemas técnicos para que uma rádio possa funcionar. Servidores do Ministério das Comunicações vão estudar saídas para resolver o problema de congestionamento de espectro em Santo André, Osasco, São Caetano do Sul, Taboão da Serra, Arujá e Itapevi. De acordo c om o assessor da Secretaria-executiva do Ministério, Octavio Pieranti, depois que os problemas forem solucionados, os treze municípios vão entrar em um aviso de habilitação para que a radiodifusão comunitária chegue ao país inteiro.

Para completar a lista de cidades que vão entrar na política de universalização do Ministério das Comunicações, há ainda o município de Itaverava, em Minas Gerais, e Seropédica, no R io de Janeiro. Na região nordeste, há três cidades: Nazária e Aroeiras do Itaim, que ficam no Piauí e o município de Curral de Cima, na Paraíba. Uma cidade no centro-oeste e outra na região sul também não tiveram edital para permitir a operação de rádios comunitárias. São elas: Vale de São Domingo, em Mato Grosso, e Alto Feliz, no Rio Grande do Sul.