Ouça nossa webradio

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Mais uma companheira de rádio comunitária morre vítima da repressão no Piauí

Esmeralda Fernandes e Dalva Muniz


Acabo de ser comunicado pela equipe da FM Verona, uma das mais antigas e sérias rádios comunitárias de Teresina, capital do Piauí, do falecimento da líder comunitária e comunicadora popular Esmeralda Fernandes.

A comunicadora faleceu vítima de complicações cardíacas ao tomar conhecimento do truculento fechamento da FM comunitária Verona, no bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina.

Segundo o jornalista e militante do setor de rádios comunitárias do Piauí Humberto Coelho, Esmeralda era sócia-fundadora da FM Verona e apresentava dois programas na emissora: Fala Comunidade, programa de notícias e informações das comunidades da zona sul de Teresina e o programa Cantinho do Sócio no qual homenageava os colaboradores da emissora e motivava à colaboração para a sustentação da radio.
Desde a fundação da Rádio Verona, em 1997, que Esmeralda era incansável colaboradora e cuidava da rádio como quem cuida de uma filha. O coração de Esmeralda não agüentou saber do fechamento da FM Verona pela Anatel.

Esmeralda Fernandes é a segunda comunicadora comunitária morta no Piauí após truculentas fiscalizações da Anatel. A outra vítima foi Maria da Conceição Oliveira Ferreira (da Utopia FM, no bairro Lourival Parente, também na zona Sul de Teresina). Ela também não agüentou ver o seu projeto ser morto pela Anatel em 2005 e também morreu vítima de ataque cardíaco.
O movimento de rádios comunitárias do Piauí está de luto.

Abraços!
Orlando Berti