Ouça nossa webradio

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

EBC e ONU Mulheres comemoram 30 anos do programa Viva Maria


Criado para dar voz às mulheres, programa Viva Maria da Rádio Nacional completa 30 anos no ar. A data será celebrada, nesta quarta-feira (14), com o lançamento do selo personalizado e carimbo comemorativo sobre o Dia Latino-Americano da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação e debate sobre “Comunicação e Gênero – A imagem da mulher nos meios de comunicação”, promovido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), em parceria com a ONU Mulheres e os Correios.

Às 20h30 será realizado show com o grupo Loucas de Pedra Lilás e o stand up “Viva a celulite” com o grupo do Instituto Arcana de Brasília.

Em 14 de setembro de 1981, a radialista Mara Régia (foto) estreava , na Rádio Nacional, um programa dedicado à luta pelos direitos das mulheres. A Rádio Nacional foi o primeiro veículo de comunicação do país a dar identidade e voz às histórias de tantas e tantas Marias, numa iniciativa pioneira que contribuiu para tornar o programa Viva Maria referência para o rádio brasileiro.

Além do pioneirismo, o programa contribuiu com as conquistas das mulheres, entre elas a criação da primeira Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) e do Conselho dos Direitos da Mulher do Distrito Federal, resultados de vigorosas campanhas públicas impulsionadas pelo Viva Maria.

Em 1990, realizou-se em San Bernardo, na Argentina, o 5º Encontro Feminista Latino-americano e do Caribe, que reunia, entre as participantes, um grande número de jornalistas e comunicadoras de diferentes países da região. Num gesto de reconhecimento da luta realizada pelo programa, elas elegeram o 14 de Setembro, data da inauguração do Viva Maria, “Dia Latino-Americano da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação”. Hoje ele consta do calendário oficial da ONU Mulheres e é comemorado em todos os países da América Latina.

Com formato de reportagens e entrevistas que privilegiam a participação das ouvintes, o programa acompanha desde as políticas públicas relacionadas às mulheres brasileiras às informações sobre a saúde sexual e reprodutiva feminina. O Viva Maria vai ao ar de segunda a sexta-feira, em diferentes horários, pela Rádio Nacional da Amazônia, Rádio Nacional de Brasília, Rádio Nacional do Rio de Janeiro e Rádio Nacional do Alto Solimões e também está disponível para download gratuito na página da Radioagência Nacional.

Fonte: ONU Mulheres