Ouça nossa webradio

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Deputado que recebeu Mensalão do DEM é dono de Rádio Comunitária


RIO - Durante a campanha eleitoral de 2006, o então presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), Durval Rodrigues, gravou um momento de oração no seu gabinete. Dois deputados distritais - Leonardo Prudente e Júnior Brunelli -, que receberam propina das mãos de Durval, estavam na sala. Brunelli, pastor da Igreja Casa da Bênção, conduziu a reza.

Brunelli, na oração, afirmou que Durval era uma bênção para eles, e pediu a Deus que o protegesse da ação de homens malignos e não deixasse que nada lhe acontecesse. Depois de uma rápida conversa, os três se levantaram e rezaram.

- Quero te agradecer, meu Deus, por estarmos aqui... Somos gratos pela vida do Durval, que é uma bênção em nossas vidas - disse Brunelli.

O deputado evangélico pede a Deus para proteger a vida de Durval e de seus familiares.

Após a oração, Prudente diz, numa referência ao conteúdo da reza:

- Que paulada!

Brunelli é dono de uma rádio comunitária, que funciona dentro de uma igreja. Pela legislação, é proibido concessão desse tipo de rádio para instituições religiosas.
Na conversa, antes da oração, Brunelli pede ajuda a Durval para enfrentar um problema político, mas não fica claro do que se trata.

- O que você pode nos ajudar? Eu sou vulnerável, não sou de chantagem. Mas preciso de instrumentos - diz.

COMENTÁRIO: A ABRAÇO já formalizou várias denúncias no Ministério das Comunicações, que nada fez. O MINICOM só sabe multar rádio comunitária verdadeira e o mesmo ocorre nos fechamentos ordenados pela justiça e Polícia Federal.