Ouça nossa webradio

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Luiz Couto destaca pesquisa que mostra relação entre radiodifusão e política na PB


O deputado Luiz Couto (PT) fez referência, no plenário da Câmara Federal, à pesquisa da doutoranda Janaíne Aires, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que apresenta a realidade dos meios de comunicação na vida dos paraibanos, particularmente através do rádio.

Couto disse que o levantamento da paraibana Janaíne é assustador, “pois revela que mais de 70% das emissoras de rádios da Paraíba estão no poder dos políticos e apenas 30% não sofrem esta influência”.

Vale ressaltar, prosseguiu o parlamentar, que o controle político e econômico da informação não está somente nas rádios, mas também se estende para as mídias televisiva e digital.

Luiz Couto afirmou que na Paraíba é fácil constatar os herdeiros midiáticos - pai, filho, irmãos, tio, sobrinho, primo - detentores do chamado voto de cabresto, “que na atualidade usam os meios de comunicação para influenciar nas urnas”.
“São estes que fazem as arvores genealógicas da política local, não dando chance nenhuma para outros candidatos”, acrescentou, ressaltando que isto não ocorre apenas no seu estado, mas em todo o país.

Couto destacou que, apesar de vetado pela Constituição Federal, a maioria das concessões está sob o domínio de políticos com mandatos.

Por fim, defendeu uma profunda democratização dos meios de comunicação como forma de impedir que o poder político associado ao poder econômico, por meio de relações familiares ou de laranjas, se apodere dos órgãos de imprensa.


Ascom do Dep. Luiz Couto