Ouça nossa webradio

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Presidente da Rádio Comunitária Araçá FM de Mari/PB refuta acusações e denuncia “claque” montada para inviabilizar os programas da emissora




Severino Ramo (foto), Presidente da Rádio Comunitária Araçá FM, da cidade de Mari/PB, emitiu nota refutando as acusações feitas a direção da emissora nos últimos dias e sem titubear afirmou categoricamente que tem informações de que uma ‘claque’ foi montada pelos que detém o poder atualmente na cidade de Mari para inviabilizar os programas jornalísiticos  levados ao ar pela Araçá FM.

Segundo Severino Ramo, a emissora respondeu durante os oito anos em que a família Martins dominou o município cerca de 20 processos na justiça e agora depois de retormar o poder local voltam a atacar a rádio novamente.

Na nota, Ramo ainda denuncia um “vergonhoso esquema de nepotismo” implantado no município pela família Martins, que comanda a Prefeitura, onde além de estar representada pelo chefe do executivo, ainda ocupa as secretárias de Saúde, Finanças e Ação Social através de parentes;  a Câmara Municipal através do patriarca da família, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, através do mesmo patriarca, “sem falar em várias associações comunitárias e entidades civis que são administradas por seus apaniguados.”

No final da nota, o Presidente da Araçá FM desmistifica a liderança de Luiz Trindade que se intitula líder dos sem terra: “o senhor Luis Trindade que “assinou” a denúncia não é líder de nada! Nada mesmo!”.

Expresso PB