Ouça nossa webradio

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

PARAÍBA


Jornalistas independentes propõem criação de fórum pelo direito humano à comunicação

A Frente Ampla pela Liberdade de Expressão e pelo Direito à Comunicação (FALEJAMPA) é o fórum que pretende aglutinar os movimentos sociais paraibanos, especialmente atuantes na capital João Pessoa e que lutam pela democratização dos meios de comunicação. A proposta é de um grupo de jornalistas independentes, entre eles o Coletivo de Jornalistas Novos Rumos e a Sociedade Cultural Posse Nova República, mantenedora da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares.

Tendo como principais bandeiras de luta o Marco Regulatório das Comunicações, Marco Civil da Internet, desconcentração das verbas oficiais de publicidade, apoio às TVs e rádios comunitárias e implementação do Conselho Estadual de Comunicação, o grupo pretende retomar a discussão pública e mobilização da sociedade pessoense sobre a democratização dos meios de comunicação, assegurando à cidadania o direito à livre expressão de pensamentos, informações e opiniões.
.
“Pretendemos reanimar os diversos segmentos sociais, entidades públicas e privadas e as organizações governamentais e não-governamentais para a defesa de um novo
marco regulatório das comunicações sociais brasileiras, no estado da Paraíba, para discutir e organizar as lutas pelo direito humano à comunicação”, disse Dalmo Oliveira (foto), um dos organizadores do movimento. Para ele, “depois da realização da I CONFECOM, a discussão sobre a democratização da comunicação na Paraíba ficou estagnada. As entidades que enviaram delegados à conferência nacional, inexplicavelmente, não conseguiram dar continuidade ao processo de mobilização social no chamado pós-CONFECOM”. Por outro lado, essa discussão continuou sendo feita em vários estados brasileiros, notadamente, estimulada pelo Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), culminando, esse ano, com a criação de uma campanha nacional em defesa da liberdade de expressão e outros temas ligados à essa discussão.

Os últimos episódios na Paraíba envolvendo programas televisivos locais e o Ministério Público Federal, mostram que se faz urgente a retomada de uma discussão mais ampla sobre a responsabilização social da mídia na difusão de conceitos e ideias a serem assimiladas pela sociedade paraibana, acreditam os organizadores da Frente Ampla.