Ouça nossa webradio

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Conheça um pouco da Rádio Comunitária Berokan FM




Moradores de Rio Maria, no Pará, resolveram criar a emissora quando souberam da aprovação da Lei de Radiodifusão Comunitária, a 9612, de 1998. Mas até garantir a autorização para funcionar foram fechados ao menos quatro vezes.

Além disso, um diretor foi condenado a prestar serviço comunitário. Francisca Oliveira, que atualmente é diretora da emissora, afirmou que ele não cometeu um crime, apesar da rádio não estar legalizada.

Ela comentou que a condenação ‘estendeu sua carga horária’ em termos de serviço comunitário. Afinal, o trabalho na emissora é um serviço voluntário pela comunidade. É Francisca quem conta um pouco da história da Berokan FM.

A diretora desta rádio participou do seminário “Uma nova lei para as rádios comunitárias: marco regulatório e direito à comunicação” realizado em Altamira, Pará, onde se reuniram mais de 30 rádios da região norte do Brasil.

Esta foi a terceira etapa da série de encontros promovida pela Associação Mundial de Rádios Comunitárias (Amarc- Brasil) para debater o marco legal à luz das diferentes necessidades das emissoras em cada região.

O seminário em Altarmira foi precedido por Arroio do Sal, no Rio Grande do Sul, e por Fortaleza, Ceará. O próximo encontro com as rádios comunitárias será no sudeste, em São Paulo, no dia 22 de setembro. 

Amarc