Ouça nossa webradio

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Polícia militar quebra perna de radialista comunitário em SP




O radialista comunitário Jerry Oliveira, da Rádio Comunitária Oeste, de Campinas, São Paulo, acusa soldados da Polícia Militar daquele Estado de o terem agredido durante a eleição na Vila Boa Vista, em Campinas. Ele foi detido por desacato, ao ter solicitado dos policiais que tivessem mais educação e parassem de gritar com as pessoas que estavam na fila. “Eles continuaram humilhando as pessoas, e eu pedi mais uma vez que diminuíssem o tom de voz, quando me mandaram calar a boca, me agrediram e colocaram no camburão”, narra o locutor, cujo joelho foi deslocado ao ser atingido por pontapés dos policiais. “As agressões causaram sérios problemas dos ligamentos e forte torção”, explica ele.

Após passar mais de quatro horas esperando para ser atendido na delegacia, o radialista foi conduzido para o Hospital da PUC de Campinas, onde se constatou lesão grave no joelho esquerdo. Após fazer exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal, Jerry Oliveira  dirigiu-se à Corregedoria Geral da Polícia Militar, onde formalizou denúncia contra os policiais militares que o agrediram, por lesão corporal e abuso de autoridade. “Os policiais faziam exaltação à ditadura , conforme testemunhas, afirmando que democracia não dá certo e defendendo a tortura”, disse Jerry.

“Sempre fui solidário aos companheiros (principalmente negros) que sofrem violência policial. Agora, sentindo na pele esta situação, me coloco no dever político de lutar pelas expulsão destes policiais e de todos aqueles que cometem arbitrariedades. Terão em mim um militante ativo na luta pelo fim da PM, e, mais do que isso, um apoiador e militante de todo e qualquer ser humano que tenha seus direitos violados pelas arbitrariedades policiais”, afirmou Jerry, mencionando os soldados Casemiro Reis, Renato Simões e Pedro Tourinho como seus agressores. “Ao que tudo indica, a regra é a violência contra o povo, pelo menos em nossa quebrada da Vila Boa Vista e Parque Via Norte”, finalizou.