Ouça nossa webradio

quinta-feira, 13 de março de 2014

Anatel fecha rádio comunitária em Cerejeiras/RO


Mais uma Rádio Comunitária que não possui outorga do Ministério das Comunicações foi fechada no dia 10 de março pela Polícia Federal (PF) e a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). A emissora, que operava em diferentes bairros, em Cerejeiras no estado de Rondônia, teve seu diretor Wilson Aguiar preso em flagrante. De acordo com a Polícia Federal, Wilson foi indiciado várias vezes e o locutor da rádio havia sido detido em 2013.
A rádio funcionava há aproximadamente 10 anos e apesar de ter sido por vezes fechada, sempre voltava a funcionar.  “Um dos motivos era por ser arbitrada a fiança como punição. Mas como o valor dos equipamentos à disposição no mercado é muito baixo, e há facilidade em encontrá-los, o dono a reabria sem maiores dificuldades”, revela o delegado. Nas dependências da rádio Comunitária de Cerejeiras, a Polícia Federal apreendeu três computadores, um transmissor, três microfones, uma mesa de som e a antena da rádio que foi desativada e retirada do local.
As seguidas denúncias fizeram com que a Polícia Federal e a Anatel fizessem uma ação conjunta para interromper a emissora, que constantemente mudava de endereço como forma de se esquivar da repressão. Para integrantes da comunidade, a rádio não oferecia nenhum risco social, pelo contrário, era uma fonte de notícias locais e uma forma de comunicação entre os moradores, com claro comprometimento social.
Ainda este mês entra em funcionamento a Rádio Líder FM, primeira Rádio Comunitária legalizada de Cerejeiras.