Ouça nossa webradio

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Rádio comercial processa comunitária em Garopaba/SC




A Rádio Comunitária Garopaba FM está respondendo a processo movido pela Rádio Frequência News por transmitir missa e sessão da Câmara Municipal. Na ação movida pela Radio Frequência News contra a Rádio Comunitária de Garopaba, alega-se: “É uma rádio (comunitária de Garopaba) que está instalada nas dependências da Igreja Matriz de Garopaba. Realiza transmissões da Igreja Católica, da “hora da Ave Maria” e das sessões da Câmara municipal. A situação ficou bem complicada, pois a rádio autora (Radio Frequência News) vem fazendo um trabalho sério e correto a anos e acaba concorrendo de igual para igual com uma rádio que tem porte e alcance menores.” A rádio comercial diz que vem sofrendo prejuízos econômico e de Ibope, perdendo ouvintes para a comunitária.

Aurélio Cardoso, diretor da radio comunitária, falou que “é uma vergonha que é uma rádio que tem 1 kilowatt  de potência que atinge 23 município - no caso da Rádio Frequência News -  ficar  se preocupando com uma rádio comunitária que tem apenas 25 Watts e que mal consegue ser ouvida em todo o município. É vergonhoso uma rádio comercial perder ibope  para uma rádio comunitária que não tem todos os  recursos de uma emissora comercial. Imagine se tivesse”, afirmou Cardoso.

Segundo o advogado da Rádio Comunitária Garopaba, João Carlos Santin, não é competência da autora do processo - Radio Frequência News - julgar o trabalho e o alcance da rádio comunitária. “Isso é de competência da ANATEL que é um Órgão Federal”, explicou.