Ouça nossa webradio

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Jovens de todo o país juntos pela democratização da comunicação




Jovens de todo o país juntos pela democratização da comunicação.

No dia 17 de outubro, adolescentes e jovens em mais de 15 cidades brasileiras, nas cinco regiões do país, vão soltar a voz pela democratização da comunicação no Dia "C” – Dia da Juventude Comunicativa. A ideia é chamar a atenção para a necessidade de mudanças no Código Brasileiro de Telecomunicações, que em agosto completou 50 anos carregando um histórico de concentração dos meios de comunicação nas mãos de pequeno grupo privado, que junto comanda mais de 600 meios de comunicação no país.

O evento vai denunciar a influência do domínio dos meios de comunicação por grupos privados comandados por famílias ricas e poderosas na falta de liberdade de expressão e especialmente na falta de acesso de adolescentes e jovens à informação e à participação na produção da comunicação no país.

Além de usarem o Dia "C” para falar desse assunto nas redes sociais, com hasdhtag #peloDiretoaComunicacao, os integrantes da Renajoc vão realizar oficinas e intervenções urbanas nas suas cidades.

Em Fortaleza (CE), por exemplo, com o apoio da organização Catavento, jovens vão ocupar uma praça pública fazendo talkshows e dando oficinas de rádio com a temática "democratização da comunicação”.

Em Natal (RN) e em Brasília (DF), coletivos jovens vão organizar Conferências Livres sobre Direito à Comunicação e criar propostas de políticas que contemplem a participação da juventude na produção das informações.

Na cidade de São Mateus (ES), a praça da cidade vai ser tomada por oficinas de fanzine, jornal mural, desenho, fotografia e intervenções de grafite. Em São Paulo e Rio de Janeiro, adolescentes e jovens vão promover intervenções urbanas por ruas movimentadas das capitais.
Após o Dia "C”, os adolescentes e jovens da Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicador@s (Renajoc), organizadora do evento, continuam suas mensagens junto com a campanha "Para expressar a liberdade – uma nova lei para um novo tempo”. Organizada por dezenas de entidades civis que atuam na área de comunicação e liberdade de expressão, a campanha propõe cobrar uma nova legislação brasileira para a comunicação, contemplando a participação da sociedade e a diversidade de grupos que atuam na produção dos conteúdos.

Portal Vermelho