Ouça nossa webradio

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Botamos pra torar na Rádio Tabajara da Paraíba

Fábio Mozart e Clévia Paz

Eu e minha comadre radialista Clévia Paz inauguramos o programa “Alô comunidade” na Rádio Tabajara da Paraíba no sábado que passou (18 de junho) às 14 horas. Recebemos muitas mensagens de congratulações pela qualidade do programa.

O programa foi legal, mas era estréia, nosso equipamento não é de primeira, a turma da técnica inexperiente, mas é assim mesmo, depois as coisas se encaixam. Valeu Marcelo Ricardo, valeu Ricardson Dias, pela força! Nossos agradecimentos ao diretor de programação da Rádio Tabajara da Paraíba, Cristóvão Tadeu, que acreditou na ideia e apadrinhou a turma das rádios comunitárias para abrir esse canal na emissora oficial do Estado. Não é pouca coisa. É a primeira rádio oficial do Brasil a encaixar em sua grade de programação um horário dedicado ao movimento de rádios livres e comunitárias. O esforço e a organização do movimento popular paraibano é quem vai tocar pra frente o programa. Espero contar com sindicatos, rádios livres e comunitárias, associações de bairro e afins.

No próximo sábado tem entrevista com o líder comunitário Carlos Lima, da Associação de Promoção Social e Cultural do bairro dos Novaes. E tem também Silvio Lixo exclusivo, o cara que é a voz do povão no bairro Ernesto Geisel. Silvio Lixo é carnavalesco, animador de quadrilha de São João, biriteiro, tocador de pandeiro e mestre na arte de bem viver.

Desde o feto ela sabia que seria radialista. Clévia Paz nasceu pra falar no aparelho. Menina preparada, de voz melodiosa e respiração tranquila. Dicção articulada e afinada que só língua de tamanduá. Ainda mais agora que acaba de tomar posse no cargo de Articuladora Cultural do vale do Paraíba.
O programa “Alô comunidade” de sábado passado começou com um furo da gota serena: Ricardo Coutinho falou no rádio sobre liberdade de imprensa, direito à comunicação e apoio às rádios comunitárias. Certo que foi uma gravação do começo da década de 2010, mas ninguém tem esse material, só a Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares.

Dalmo Oliveira é o jornalista que está por trás desse nó. Ele, Marcos Veloso e Fabiana Veloso, da rádio Zumbi. Esperamos agregar mais rádios além da Diversidade do Jardim Veneza, Voz Popular da comunidade São Rafael, Independente do Timbó e Vale do Paraíba. Que tal fazer parte de um programa que alcança milhares de pessoas em toda a Paraíba e estados vizinhos, atingindo os lugares mais distantes do nosso Estado?

O rádio é ainda o melhor meio de comunicação, e emissoras em amplitude modulada (AM) têm muita audiência. A rádio comunitária Diversidade do Jardim Veneza fez uma pesquisa naquele populoso bairro de João Pessoa, concluindo que o rádio é o veículo que mais se ouve, em média 3 horas e 45 minutos por dia. Some a isto que as pessoas absorvem o que ouvem (palavras) com mais facilidade do que o que vêem (imagens). O rádio tem o triplo da audiência da televisão durante a manhã e mais do dobro durante a tarde. O rádio, portanto, é imbatível.

Quem quiser ouvir o programa online, só clicar no endereço abaixo: