Ouça nossa webradio

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Desabafo de um companheiro do Rio Grande do Sul

Estivemos na espera para que os desdobramentos da Confecom resultassem em mais do meras promessas,e sabemos que isso só será possível se algo for feito. O que não tínhamos era um calendário que apontasse a construção de alguma ação ou movimento. Pois foi este o presente dado pelo governo na reunião de cobrança do cumprimento do documento assinado durante a Confecom. Pediram 60 dias, não é isso?
Agora depois de 50 dias do prazo é hora da mobilização acontecer, ou alguém acredita que algo vai cair do céu?

Enquanto isso as multas não param, nada de anistia, nada de aumento de frequência, nada de financiamento público, nada de mexer nos arquivados, nada de nada. (E nada de parar a repressão, comentário nosso).

Nossa pauta, vitoriosa durante a Confecom, em nada sensibiliza o governo.

E agora Helinho foi, mas deixou o cão de guarda com o decreto da digitalização, e até agora também nada pra nós.

Entendo que o país viverá a mais importante de suas eleições e que o partido da imprensa vai jogar tudo, mas sabem por que? Porque passamos 8 anos de governo Lula sem avançar, o monopólio só se consolidou neste período, e nós só nos f....
Aos lutadores este é um chamado, a data já está marcada, é hora de construir a ação.

Espero que no mínimo isso entre na consciência de alguém, pra não ficarmos na mesma choradeira de sempre, passada a era Lula.

Abraço a todos e todas.

Alan
ABRAÇO-RS