Ouça nossa webradio

domingo, 22 de maio de 2011

Rádio comunitária está acabando com o AM, diz especialista




Anderson Scardoelli

Ferramenta elogiada por muitos comunicólogos e pesquisadores da área de rádio, as emissoras comunitárias encontraram, durante o Brasil Rádio Show, um grande crítico, o radialista Hilton Alexandre (foto). De acordo com o profissional, que é coordenador nacional do Fórum AM e presidente da Associação das Emissoras de Rádio e TV do Estado do Rio de Janeiro (Aerj), essa plataforma que não tem filosofia comercial é prejudicial aos canais que operam em Amplitude Modulada, o famoso AM.

"A verdadeira voz da comunicade é o rádio AM. E na radiodifusão, o maior prejudicado com as rádios comunitárias e piratas é o AM", criticou Alexandre, durante sua participação no evento, realizado em 19 de maio no Centro de Convenções do Anhembi, no bairro de Santana, zona norte de São Paulo.

O dirigente da Aerj não poupou criticas à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ao acusar o órgão de não ter coragem de encarar as rádios piratas e não ter força para punir as emissoras comunitárias que não cumprem as regras de concessão para este tipo de veículo. "O governo tolera essas malditas rádios piratas", completou.