Ouça nossa webradio

sábado, 10 de maio de 2014

Diretor de cultura de Mari contesta afirmações de presidente de rádio comunitária

Assis Firmino
O Diretor de Cultura de Mari/PB, Assis Firmino, afirmou que não há nenhuma manobra da Prefeitura da cidade para desalojar a rádio comunitária Araçá, que funciona em prédio da antiga Rede Ferroviária Federal, conforme afirmou Severino Ramo, representante da emissora. Firmino alega que tem defendido o diálogo com a direção da rádio, “mas há intransigência constante do senhor Severino Ramo, presidente da emissora comunitária de Mari, que centraliza a administração da emissora em suas mãos, colocando esse meio de comunicação comunitária a serviço do grupo político ligado ao ex-prefeito, ao qual ele também é ligado no município”.


Segundo o diretor de cultura do município, “o desespero do senhor Ramo ocorre por conta de que ficará num prédio que passa a ser administrado pelo Departamento de Cultura”. Firmino afirma que sempre combateu Ramo, a quem acusa de tomar decisões ditatoriais, “impedindo que pessoas da cidade possam falar na emissora nos programas jornalísticos, como é o caso do próprio Assis Firmino e do servidor Walter, que não podem falar nos jornalísticos da emissora local”, disse ele em nota.