Ouça nossa webradio

sábado, 14 de janeiro de 2012

Jornalista defende programação religiosa em rádios comunitárias


O jornalista Marcelo de Oliveira Volpato publicou na Revista Alterjor, da USP, estudo sobre programação religiosa em rádios comunitárias. “Parece-nos oportuno refletir acerca das configurações das rádios comunitárias uma vez que este modelo de emissoras representa um avanço significativo na democratização da comunicação. Apesar de algumas distorções, este tipo de mídia veicula uma programação diferenciada da grande mídia porque apresenta conteúdos ligados à comunidade”, afirma.

O estudo versa sobre a possibilidade de a mídia comunitária, ao veicular programação religiosa, manter o foco na comunidade com abertura ao pluralismo de idéias e opiniões. Baseado em pesquisa bibliográfica, entrevista e observação assistemática de conteúdo de programação, a pesquisa resulta em estudo de caso de caráter descritivo de duas rádios comunitárias. Conclui-se que se a programação religiosa estiver ligada às necessidades da comunidade, a rádio comunitária consegue promover o bem-comum e a cidadania. Isso depende, portanto, das intenções dos responsáveis pela gestão da emissora. Quando a intenção destes é comercial e/ou proselitista, os interesses comunitários são, notadamente, prejudicados.

Marcelo Volpato é Mestrando em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo. Jornalista formado pela Universidade de Marília. Pesquisador do Núcleo de Estudos de Comunicação Comunitária e Local. E-mail: volpatomarcelo@hotmail.com.

Leia o estudo no endereço: http://www.usp.br/alterjor/Volpato_religiao.pdf