Ouça nossa webradio

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

DEMOCRATIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO

Fórum de Mídia Livre aprova pauta de luta

O Fórum de Mídia Livre introduziu não apenas na casa de cultura Mario Quintana, mas em todo o mundo o debate conceitual e político e as propostas para uma comunicação radicalmente democrática. A terceira edição do fórum promovida pela Comunicação Brasileira exibiu uma pauta que foi além de um debate corporativo entre pequenos meios.

Foi estratégico e avançou ainda mais na consolidação do direito à comunicação como estruturante dos debates.
Para as políticas públicas, como condicionantes da regulação, acesso e democratização da mídia. E para a apropriação tecnológica como um dos horizontes imediatos do movimento e também ferramenta de mobilização.

Participaram do evento, organizações chave do movimento de comunicação brasileiro como Intervozes, Centro de Estudos da Midia Alternativa Barão de Itararé e FNDC Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, Abraço –Associação Brasileira de radiodifusão comunitária, , publicações como Revista Fórum e Viração – coletivos desenvolvedores de plataformas em software livre , pontos de cultura, e iniciativas de comunicação compartilhada.

O Fórum de Mídia Livre é brasileiro, mas teve uma amostragem clara de que internacionalizou seus diálogos. Diversas presenças vindas da primavera árabe, para uma ponte com o I Fórum de Mídia Livre no mundo afro-árabe, programado para o primeiro semestre e no debate também sobre as mídias que atuam no território ocupado da Palestina.
Na plenária final do Fórum de mídia livre foi também o passo inicial de 2012 rumo ao II Fórum Mundial de Mídia Livre, que ocorrerá inserido no calendário da Cúpula dos Povos para a Rio + 20.

As principais pautas estão concentradas na comunicação como direito e bem comum. Apropriação social das tecnologias utilizando ferramentas e formatos livres; Ação conjunta no Fórum mundial de mídia livre na Rio + 20; Luta pelo marco regulatório; Fortalecer políticas de fomento e sustentabilidade de mídias livres; Ações de mobilização de rua e articulação com ações em rede.

A pauta de luta definida no Fórum de Mídia Livre foi apresentada pelo Coordenador da Abraço Nacional e membro do FNDC, José Luiz Sóter, durante a assembléia dos movimentos sociais realizada na tarde de sábado, penúltimo dia de atividades do Fórum Social Mundial.


Aline Nandi

Agência Abraço – Porto Alegre