Ouça nossa webradio

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Conteúdos do blog do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar são referências em trabalho acadêmico no Rio de Janeiro


Ao contar a história das rádios livres e comunitárias no Brasil, o professor Mauro Sá Rego Costa, mestre em Educação, Cultura e Comunicação da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, usou como uma das suas referências o blog do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar em sua dissertação de mestrado. No seu trabalho, Mauro cita os pontos de cultura como projetos locais de desenvolvimento cultural com foco “na enorme diversidade que caracteriza a vida cultural brasileira”, onde se estabelece uma estrutura técnica para a prática do radialismo comunitário.

Segundo o Ministério da Cultura, já existem quatro mil Pontos de Cultura em municípios do Brasil, o que implica no atendimento de oito milhões e 400 mil pessoas em todo o país. “O mesmo governo que é um obstáculo ao desenvolvimento de maior número de rádios comunitárias, estabelece parcerias com a sociedade civil para criar essas emissoras nos Pontos de Cultura”, informa o trabalho do professor, citando, entre outras, matérias do blog do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar onde se fala de oficinas de rádios comunitárias.

Para o mestre, “é a cultura financiada de baixo para cima, permitindo a afirmação dos grupos culturais nas suas diferenças – museus dentro de favelas, preservação da memória em grupos quilombola, ou a formação de grupos de produção de vídeo em aldeias indígenas, apoio a grupos que mantêm formas tradicionais de dança e música como o Jongo da Serrinha, ou os Maracatus em Pernambuco, e, ao mesmo tempo, a grupos de periferias urbanas que desenvolvem a cultura digital – arte de computador, ensino da criação de blogs e sites na internet, ou rádios comunitárias (sempre associadas às tecnologias digitais).”

O trabalho também usou como referência o livro “Gritos parados no ar: uma reflexão sobre processos de interdição em rádios comunitárias”, de Ana Luisa Zaniboni Gomes, e “Rádios livres, rádios comunitárias: outras formas de fazer rádio e política”, de Wallace Hermann Costa.

O blog do Ponto de Cultura Cantiga de Ninar é atualizado diariamente pelo multimída Fábio Mozart, responsável pelo setor de comunicação do Ponto, que por sua vez é ligado à Sociedade Amigos da Rainha do Vale do Paraíba, antiga Sociedade Cultural Poeta Zé da Luz, em Itabaiana, Paraíba.

www.pccn.wordpress.com