Ouça nossa webradio

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Radialista comunitário é ameaçado de morte no agreste da Paraíba


O radialista Josemar Tavares (foto), da Rádio Comunitária Rainha de Itabaiana, Paraíba, que apresenta programa jornalístico, denunciou nesta sexta-feira (11) que foi ameaçado de morte após realizar enquete no seu programa.

A denúncia foi feita nas redes sociais, onde o radialista contou que fez uma pesquisa no ar sobre a atuação dos vereadores locais durante o programa, onde os ouvintes indicavam quem seria, na opinião do público, o melhor e o pior vereador. A enquete mostrou que o melhor vereador, na opinião dos ouvintes, é Wellingson Chaves e o pior seria o Pastor Ronaldo Gomes.

Ainda segundo a denúncia do radialista, ele estava em Campina Grande quando recebeu ligação telefônica anônima, com ameaças. “Disseram que o que é meu ta guardado, e já sei de quem se trata, vou tomar as providências, mas ninguém me intimida”, disse Josemar.

Esta não é a primeira vez que o radialista é ameaçado, tendo sofrido até agressão física de um secretário da Prefeitura local no ano passado.  “Todo radialista que não pratica um jornalismo de acomodação no interior sofre esse tipo de pressão”, afirmou Fábio Mozart, comunicador de rádio comunitária. Para ele, esses profissionais não têm nenhum amparo de entidades como a Associação Paraibana de Imprensa ou o sindicato da categoria, “por força de forte preconceito contra as rádios comunitárias entre os próprios colegas radialistas”, acredita.