Ouça nossa webradio

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Rádio comunitária fortalece ações de saúde no interior da Bahia



Locutora faz teste na Rádio Comunitária Ideal, uma das emissoras de baixa potência em Lauro de Freitas


Profissionais da Unidade de Saúde da Família Caji-Vida Nova, participam de projeto de comunicação na Rádio Comunitária Pioneira, localizada no município de Lauro de Freitas-Bahia, com o caráter inovador de oferecer um serviço contínuo de promoção de saúde e cidadania através da difusão permanente de informações e divulgação das ações do setor saúde para a comunidade da área, estimulando assim a integração e o controle social, contribuindo para a reflexão sobre as ações do cotidiano que interferem no binômio saúde-doença. Essa é a conclusão a que chegou a médica Fernanda Guimarães e sua equipe. Para ela, “a diversificação das formas de comunicação em saúde estabelecida, contribuiu para uma maior sensibilização das pessoas, em prol de efetivar mudanças de comportamento que pudessem se traduzir em melhorias na  saúde destas”. 

O vínculo estabelecido com o responsável técnico da Rádio, configurou-se como importante ação de intersetorialidade, devido ao fato de ser este, uma reconhecida liderança comunitária (Diretor Social da União Beneficente Cultural de Vida Nova, Presidente da União de Líderes e Articuladores Comunitários de Lauro de Freitas).

DESAFIOS

A Doutora relatou em sua análise do projeto que, “inicialmente houve resistência por parte dos profissionais em aderir ao projeto alegando dificuldade de disponibilidade na agenda e desconforto por se tratar de um meio de comunicação que gerava uma maior exposição. Utilizamos o relato da experiência dos outros profissionais para desmistificar o desconforto, ponderando os benefícios que as atividades proporcionariam.

Outro desafio encontrado foram os problemas técnicos que comprometiam o funcionamento da Rádio e consequentemente o desenvolvimento das atividades. “Diante desta situação reestruturávamos a agenda para que todos os temas propostos fossem abordados”, disse ela.