Ouça nossa webradio

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Prefeito de Pedra Branca é acusado de invadir rádio comunitária e alterar programação




No Boletim de Ocorrência nº 657, lavrado no começo da tarde deste sábado, 9, na delegacia de Itaporanga, Paraíba, o radialista e diretor da rádio comunitária Pedra Branca FM, Geudiano de Sousa, de 43 anos, acusou o prefeito Alan e o seu pai, Antônio Bastos, de invadirem a emissora, apropriarem-se dos microfones e falarem na rádio sem autorização.

Conforme Geudiano, pai e filho, na companhia de um grupo de vereadores, invadiram a rádio por volta das 11h e falaram na emissora até às 12h20. Inclusive, segundo ele, levaram um locutor para fazer a apresentação. O declarante narrou também que não se encontrava na rádio no momento da suposta invasão, e tentou pôr fim à entrevista, mas foi impedido pela polícia de ter acesso à própria rádio que dirige.

Revoltado com o que ocorreu, Geudiano, que é aliado do ex-prefeito Anchieta Nóia, adversário político do atual prefeito Alan Bastos, está determinado a processar criminalmente todos os envolvidos no caso, e o primeiro passo já foi dado: registrou a ocorrência na Polícia Civil, que vai iniciar a apuração do fato.