Ouça nossa webradio

domingo, 2 de agosto de 2015

Paraíso das Águas (MS) inaugurou sua Rádio Comunitária no dia 1º de agosto




O município de Paraíso das Águas (MS) comemora com muita emoção e alegria a chegada de sua primeira emissora de rádio comunitária, a FM PARAÍSO 87.9. A rádio iniciou sua atividades no dia 1º de agosto, às 09h da manhã, na Avenida Manoel Rodrigues da Cruz, 275, sala “04”, 1º andar, no Centro de Paraíso das Águas.

 A rádio é um sonho da população,  em especial da diretoria da Associação Comunitária de Desenvolvimento Artístico e Cultural do Paraíso das Águas – ASCOPA, que tem como presidente o advogado, empresário e radialista, Dr. Sebastião Lázaro da Silva – “BIM”, que comemora este momento tão aguardado.

Desde 2010, de acordo com a Licença Provisória nº  5006275 – LPE 53W0040 – 947 de 04/11/2010, emitida pelo Ministério das Comunicações (MC), a rádio já podia estar instalada, mas devido à instalação do município que ocorreria em 2013, a Associação então resolveu aguardar este processo, quando encaminhou ofício ao Ministério das Comunicações informando. Somente agora, um novo Projeto Técnico foi elaborado e encaminhado para o órgão, para que finalmente a emissora pudesse operar em “fase experimental”. Como Paraíso das Águas passou a existir como município, ao pesquisar a emissora no mapa da Anatel ou MC, não consta rádio na cidade. Somente quando consultado pela antiga sede Costa Rica, diante disto, a Ascopa já entrou com uma petição ao MC e Receita Federal  para que o sistema seja atualizado.

A Rádio FM Paraíso 87.9, atende todos os requisitos técnicos exigidos pelo Ministério das Comunicações e Anatel, conforme a Normativa 01/2011 e Portaria nº 197, de 1º de julho de 2013.

Para a Ascopa, o grande foco da rádio é promover a cultura, a arte e as ações sociais da comunidade local, onde expande a comunicação da população com maior rapidez. “A falta de comunicação local dificulta o dia-a-dia da nossa população. Um exemplo é quando um cidadão perde um documento ou precisa noticiar o falecimento de um ente querido, encontra uma grande dificuldade em fazer estes tipos de comunicado chegar aos ouvidos da comunidade de Paraíso das Águas e que  a partir de agora, em casos como estes, o cidadão terá um canal direto com toda a população”, enfatizou o presidente da Ascopa.

(O Correio News)