Ouça nossa webradio

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Minicom quer interferir na liberdade de organização das rádios comunitárias, diz Abraço Nacional


O Ministério das Comunicações pretende agora interferir  na liberdade de organização das Rádios Comunitárias do Brasil. O órgão publicou uma norma que estabelece o tempo de mandato  das diretorias das Rádios Comunitárias, em um ofício enviado para a Associação Cultural Comunitária Semente de Amo e Fé. A entidade  é autorizada para o serviço de radiodifusão comunitária na cidade de Guarulhos –SP. A intervenção veio após, a emissora eleger a atual diretoria por um mandato de cinco anos.
O MiniCom ainda ameaça a entidade sob pena de não cadastramento no prazo de trinta dias, em documento assinado pela coordenadora-geral de radiodifusão do órgão, Tassiana Cunha Carvalho. Ela afirma que o tempo de mandato dos membros que compõem a diretoria é de 4 anos, sendo admitida uma recondução, se a entidade providenciar a adequação.

A Abraço (Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária) repudia a intervenção e entende que a medida adotada pelo Ministério das Comunicações fere o processo democrático das entidades e das comunidades que compõem as rádios comunitárias do Brasil, conforme publicou em seu site.