Ouça nossa webradio

sábado, 19 de outubro de 2013

Prefeito de Ibititá manda fechar rádio comunitária


A Rádio Comunitária Rochedo FM da cidade de Ibititá, na Bahia, foi fechada na manhã de quarta-feira (16) pelo Prefeito da cidade, Cafu Barreto. A alegação para o fechamento da rádio é de que a mesma não possuía um alvará de funcionamento, o que é dispensável por se tratar de uma instituição comunitária, conforme entendem seus diretores. Mesmo assim, a direção rebate dizendo que não possui o alvará porque a própria prefeitura não emitiu esse documento. Informa ainda que a rádio possui toda a documentação necessária para o funcionamento e tem outorga do Ministério das Comunicações.

Segundo a radialista Vanessa Castro, o povo ocupou a rádio desde cedo com palavras de ordem, e a sede da Rochedo foi invadida por policiais, que acompanhados do advogado da prefeitura, trouxeram o mandado de suspensão. “É lamentável essa situação, é uma ação anti-democrática, e totalitária ao povo de Ibititá. Considero tal ação como criminosa por parte do poder público, não podemos ficar de boca calada por tanto desmando em nossa cidade, e ainda tem vereador que apoia tal iniciativa e defende o prefeito atual”, disse Vanessa.

“A ditadura no Brasil foi nos anos 60 e 70, não precisamos reviver de novo”, disse o radialista Célio Castro, pedindo divulgação desse ato que considera antidemocrático contra a Associação Comunitária e Cultural Ibititaense, que é concessionária da Rádio Comunitária Rochedo.