Ouça nossa webradio

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Rádios comunitárias fazem mobilização em Brasília



As manifestações começaram no Ministério das Comunicações, na tarde do dia 6, quando os comunicadores comunitários foram recebidos em audiência pelo ministro Paulo Bernardo. “Queremos a publicação da Portaria Normativa que extingue o raio de 1 km como área de atuação das rádios comunitárias e a reforma da Lei 9.612”, explica Jerry de Oliveira, da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), em São Paulo.

Na manhã de quinta, os manifestantes participaram da audiência do Conselho Consultivo do Rádio Digital quando foi apresentada a Carta da Sociedade Brasileira Sobre a Digitalização do Rádio. “Reivindicamos um rádio digital democrático, inclusivo, tanto para ouvintes como para as rádios comunitárias”, explica Ismar Capistrano, que é membro titular da Abraço no Conselho e coordenador da Abraço Ceará.

Pela tarde, os diretores das rádios comunitárias de todo o Brasil realizaram mobilizações no Palácio do Planalto. “Deixamos nosso recado que a perseguição que as rádios comunitárias estão sofrendo no Brasil é um desrespeito à Liberdade de Expressão”, defende Carlos Santin, coordenador jurídico da Abraço Nacional e coordenador da Abraço Santa Catarina. As mobilizações são uma iniciativa do Movimento Nacional das Rádios Comunitárias (MNRC).

Por Ismar Capistrano