Ouça nossa webradio

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mais um estudo acadêmico sobre rádio comunitária

Artigo analisa programação da Rádio Comunitária Dinâmica, de Londrina/PR

A estudante de comunicação Ana Carolina Negro Favarão concluiu seu curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, da Universidade

Estadual de Londrina, com trabalho onde analisa os conteúdos e conceitos da programação de uma rádio comunitária com base na Rádio Comunitária Dinâmica FM, de Londrina, Paraná. Os dados foram analisados com base nos referenciais teóricos da comunicação comunitária e na legislação sobre rádio comunitária. Tem-se, portanto, como resultado da pesquisa a delimitação do perfil da programação que reflete a maneira como ela é constituída. Essa pesquisa contribuiu para proporcionar questionamentos quanto à identidade da rádio comunitária, as limitações imposta a ela e, ao final, apresentar proposições para tornar a comunicação do veículo com a comunidade mais eficaz.

Para Ana Carolina, a importância de se estudar as rádios comunitárias se torna ainda mais relevante pelas diferenças contidas nos projetos e no contexto em que estes estão inseridos. Segundo Cicília M. Krohling Peruzzo as motivações, o conteúdo, a gestão e a estratégia variam, tendo que se levar em conta, principalmente, os contextos históricos diferenciados em que ocorrem. “Os meios de comunicação comunitários/populares – nem todos obviamente – têm assim o potencial de ser, ao mesmo tempo, parte de um processo de organização popular e canais carregados de conteúdos informacionais e culturais, além de possibilitarem a prática da participação direta nos mecanismos de planejamento, produção e gestão”, conclui.

O trabalho pode ser lido na internet no endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R1295-1.pdf