Ouça nossa webradio

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Campanha "Para expressar a liberdade" lança plataforma


Campanha para Expressar a Liberdade lançou, nesta quinta-feira (5), plataforma online para coletar assinaturas ao Projeto de Iniciativa Popular para uma Lei da Mídia Democrática (Plip).

O sistema possibilita que o usuário da rede vote de qualquer lugar a qualquer hora.


Em entrevista ao Vermelho, Renata Mielli, secretária-geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), comemora essa segunda onda de mobilização em torno da desta bandeira. Segundo ela, "a defesa do Plip vai além da mudança de Lei, ele abre o caminho para que os movimentos sociais e organizações da sociedade civil tenham um espaço, vez e voz". 

Para votar basta clicar aqui.

Conheça a proposta


Lançado no primeiro semestre de 2013, por dezenas de entidades da sociedade civil e do movimento social, a proposta precisa da adesão de 1% do eleitorado nacional para ser protocolizado na Câmara dos Deputados e poder seguir o trâmite normal até virar lei.

O projeto regulamenta os Arts. 5, 21, 220, 221, 222 e 223 da Constituição Federal. Entre os principais dispositivos estão a criação do Conselho Nacional de Comunicação e do Fundo Nacional de Comunicação Pública, veto à propriedade de emissoras de rádio e TV por políticos, proibição do aluguel de espaços da grade de programação e a definição de regras para impedir a formação de monopólio e a propriedade cruzada dos meios de comunicação, entre outros pontos.

Serviço
O que é: assinatura online da Lei da Mídia Democrática
Onde: www.paraexpressaraliberdade.org.br
Quando: a partir de 5 de fevereiro
Hashtags: #LeidaMídiaDemocrática #Assina

Da Redação do Vermelho
Com informações do FNDC