Ouça nossa webradio

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

No Chile, projeto de lei elimina pena para rádios não autorizadas


No Chile, o Senado aprovou o projeto que reduz as penas para quem realizar transmissões de radiodifusão sem autorização. A moção apresentada pelo senador Alejandro Navarro, busca eliminar a sanção penal de presídio e o confisco de equipamentos e instalações das denominadas rádios comunitárias.
O parlamentar alertou para o fato de senadores da direita estarem pressionando para que a norma com a indicação de confisco dos equipamentos retorne para a lei, como caráter de sanção.
Uma das tantas rádios comunitárias chilenas silenciada com o confisco de equipamentos é a Rádio Manque de Rancagua. Tania Sandoval, integrante da comissão técnica da emissora, disse que existe uma hegemonia dos grandes meios de comunicação que calam as rádios alternativas que propõe ideias opostas as já estabelecidas.
A diretora do Programa de Liberdade de Expressão da Universidade do Chile, Chiara Saez, ressaltou que o projeto como está na atualidade provoca ambiguidade. A intenção é que haja uma reunião com os parlamentares para explicar a importância de modificar uma norma vigente desde o período da ditadura. (pulsar/ prensa cdp)