Ouça nossa webradio

terça-feira, 21 de abril de 2015

PARAÍBA

Prefeito acusa rádio comunitária de impedir sua participação

O prefeito de Mari, Marcos Martins (foto) relatou, durante audiência pública realizada na Câmara Municipal, no último dia 16, que foi impedido de participar do programa "Liberdade de Expressão" da rádio Comunitária Araçá FM. O prefeito seria entrevistado ao vivo durante o programa, mas recebeu a notícia, por parte do repórter da emissora, Carlos Alcides, que não poderia participar. "Quero destacar um fato curioso. Fui proibido de falar ao vivo no programa da rádio Araçá FM, hoje. Não quero falar gravado porque eles distorcem minha fala quando lá chega. Isto é injusto para Mari, ter uma rádio comunitária onde o gestor municipal não pode falar ao vivo, o que não é bom para o  município. Chamo essa atitude do radialista de autoritária e ditatorial por parte também de Ramos, presidente da emissora local”, disse o prefeito.

O radialista Marcelo Joaquim, da Rádio Araçá, alegou que o prefeito quer impor a pauta dos programas jornalísticos. “Na última vez que ele esteve na rádio, eu era o apresentador do programa, ele pediu direito de resposta que foi concedido, mas exigiu ser entrevistado, o que não estava na pauta”, disse Marcelo. Ele disse ainda que, na ocasião, os adeptos do prefeito tentaram invadir a rádio, o que rendeu até um processo judicial.

Uma ouvinte afirmou que o prefeito “está fazendo charme, porque sempre que é convidado para falar nos programas da rádio, nunca comparece.” Segundo ela, o prefeito vai falar nas rádios de Guarabira, cidade próxima, “e despreza a comunitária”, quando quer se comunicar com os munícipes.