Ouça nossa webradio

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

MARI: UM DIA DE FÚRIA: Comunicador da Rádio Comunitária critica opinião de leitores, "ataca" colunista do blog e "alfineta" parceiro comunicador


Já estava demorando pra um momento hilário como este de hoje acontecer de novo... Indo direto aos fatos, o comunicador Marcos Sales, da Rádio Comunitária Araçá FM, por conta de meros recados de leitores em nosso mural de recados, perdeu as estribeiras e "o pau cantou" pra todo lado!

O comunicador iniciou o programa claramente chateado com recados de leitores que insinuaram que o referido comunicador estaria rindo de seu colega de programa Thiago quando o mesmo está lendo as notícias e erra demasiadamente as palavras sob gaguez e perdendo-se no texto (Que nada! Ele lê bem né!). Na tentativa de justificar sua notável deficiência comunicativa, Thiago ainda manifestou-se ingenuamente dizendo que "é inveja" (Ah Thiago, pode até ser alguma coisa, mas inveja?). Marcos Sales também afirmou que não colocou nenhum recado no blog usando de outros nomes... coisa que não deu pra entender, afinal, não vimos nenhum recado no mural ou comentário em matéria questionando isso. Como ele mesmo disse, ele não precisa fazer isso, já que tem um blog e uma coluna onde pode escrever o que pensa e assina (Ah.. é mesmo!).

O hilário da história é que o leitor deu sua opinião e quem levou o "puxão de orelha" foi o colunista Wagner Ribeiro, o qual mantém coluna sobre Cinema e Música aqui no blog. O comunicador fez seus comentários e o tempo todo se referiu ao colunista como se o mesmo tivesse algo haver com o ocorrido. Na verdade não nos impressionou esse posicionamento do comunicador, já que este tem se empenhado em tentar ligar opiniões do blog ou a propriedade do blog ao colunista Wagner Ribeiro, quando na verdade, este nem contato direto conosco tem, fora e-mail e msn e não faz parte da equipe do blog, sendo apenas nosso colaborador como colunista e entrevistador como gentilmente se dispôs a fazer tal trabalho a nosso convite!

O colunista Wagner Ribeiro, como não é bobo, não deixou barato e ligou para o programa em sua defesa e afirmou com todas as letras que "não concorda com certas opiniões de leitores sobre o comunicador Thiago" e sem nenhum rodeio perguntou qual era o problema do comunicador Marcos Sales em tentar atingí-lo sempre, inclusive citando sua vida pessoal no ar para os ouvintes. Bastou isso para que o comunicador Marcos Sales ficasse "doidão" no ar e num surto de descontrole tentou impedir Wagner Ribeiro de prosseguir com sua fala. Nesse momento, se não fosse a intervenção sensata do comunicador Paulo Sérgio, Wagner Ribeiro teria sido impedido de concluir sua participação no ar, o que caracterizaria censura ao direito de um ouvinte defender-se de uma indireta acusação.

Após a participação de Wagner Ribeiro, o comunicador Marcos Sales ainda espumava em fúria e foi incisivo ao dizer com todas as letras que se fosse diretor da emissora, não permitiria a participação de do ouvinte Wagner Ribeiro porque Wagner só se referia à pessoa dos comunicadores Thiago e Marcos Sales como defensores políticos do governo do estado e disse ainda que se fosse defensor do governo do estado, Paulo Sérgio seria defensor da Prefeitura, já que é funcionário da mesma e disse ainda que só não impediu a participação de Wagner Ribeiro porque não tem poder para isso (E porque Paulo Sérgio não deixou né?). Interessante a postura do comunicador! Quer dizer que ouvinte que tem opinião contrária a dele ele não deixaria participar no ar? Democrático ele né!? Quer dizer que só participa quem é favorável a suas idéias? Que coisa feia hein!

Já o comunicador Paulo Sérgio não quis rodeios e afirmou que não faria comentários sobre a participação de Wagner Ribeiro e a reação de Marcos Sales porque "é notável que há um problema pessoal entre os dois" - disse Paulo. Não encerrando sua fala e já respondendo à provocação do comunicador Marcos Sales, Paulo disse que não necessita fazer defesa de Prefeitura, já que o emprego que tem foi conquistado por mérito próprio e não por viver levantando bandeira de político no meio da rua (Essa doeu!). E o próprio comunicador Marcos Sales terminou assumindo a verdade do ponto de vista do parceiro de programa (Mentir pra quê né!).

Após Paulo Sérgio dar sua resposta ao comentário do parceiro de programa, no dito popular "o bicho pegou" e o clima de desentendimento entre os dois comunicadores saltou à vista no ar e Marcos Sales ainda tentou justificar sem êxito o comentário que havia feito sobre Paulo Sérgio e disse que iria tratar com a direção da rádio sobre pessoas que participavam no ar para esculhambar com eles (coisa que não vimos ninguém fazer!). Paulo, mostrando que aprendeu muito com o tempo e tranquilo como é, encerrou o assunto e demonstrou bastante ética e auto-controle, porém, o nervosismo do comunicador Marcos Sales era notado até mesmo em sua fala ao tentar ler uma matéria. Paulo agiu normalmente e seguiu normalmente com o programa. Ao encerrar o programa Marcos Sales pediu desculpas aos ouvintes pela exaltação em sua fala. E já que a gente viu que ele tinha se acalmado, a gente mandou suspender a visita do exorcista que a gente já tinha chamado pro caso de a situação piorar!

O fato é que quem ouviu o programa de hoje, além de achar graça da situação toda, não agradou-se do tipo de reação e os comentários foram bem negativos à respeito da postura assumida pelo comunicador Marcos Sales, que para seu próprio bem, honrando a emissora comunitária, poderia ter se controlado antes de soltar a língua de vez.



Comentário do Blog: Os leitores falaram tanto das "risadinhas" do comunicador Marcos Sales que hoje ele espumou de raiva e quem riu foram os leitores. Êpa! Agora ninguém reclame! Afinal, ou vocês querem o rapaz rindo ou querem ele espumando de raiva! Bom... a gente prefere ele rindo! Sobre suas insinuações tentando ligar pessoas e opiniões ao blog, não iremos insistir em dizer o que já dissemos em outras matérias e lá em cima no final do 3º parágrafo. Quanto ao seu comportamento no programa de hoje, duas palavras o descrevem: vergonhoso e anti-ético. Já sobre seu surto de fúria, nada como um suquinho de maracujá ou uma boa dose de "diazepan" (com instruções médicas é claro!) pra acalmar os nervos. Como diria o artista Rony Cócegas, imortalizado no personagem do Palhaço Lindeza: "Calma cocada!". Descontroles como o que ouvimos hoje, nos levam a concluir que como diz o ditado: "A língua é o chicote da bunda!". E já filosofando de novo: "Quem muito se baixa termina mostrando o fundo"! E já vamos parando de filosofar pra não sair ditados mais pornográficos. Paz e amor galera! E fiquem em paz! Calma que o Brasil é nosso!

www.marifuxico.blogspot.com