Ouça nossa webradio

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Repressão às rádios comunitárias começou

O Presidente Michel Temer já bota suas unhas de fora e diz a que veio para desmanchar o sistema de rádios populares do Brasil. Conforme o radialista Jerry Oliveira, da Rádio Comunitária Noroeste de Campinas, SP, pesquisa no Ministério das Comunicações indica que começou a perseguição do novo governo às rádios comunitárias. Inicialmente serão 298 rádios comunitárias que não terão a renovação da licença para operar. São 46 rádios só em SP que fecharão suas portas. Segundo Jerry, 99% dessas rádios são as que fazem um trabalho mínimo diversificado e inclusivo com a participação da comunidade. Ainda conforme Jerry, 80% dessas rádios que serão fechadas tem rádios comerciais em suas cidades. Fica claro e evidente a participação da Abert nessa opressão, assegura Jerry. Pau começou e o futuro é sombrio para os comunicadores comunitários do Brasil.