Ouça nossa webradio

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Programa de rádio web bate recorde de audiência em horário nobre

Fábio Mozart, Fabiana Veloso, Beto Palhano, Marcos Veloso e Dalmo Oliveira,. da Rádio Zumbi

A participação de quatro radialistas em uma mesa “quadrangular” discutindo temas polêmicos de forma descontraída está rendendo bastante audiência à Rádio Web Comunitária Zumbi dos Palmares na faixa de horário das 9h ao meio-dia, diariamente. Nesta semana que teve início em 17 de outubro, a transmissão alcançou picos de audiência de 800 ouvintes do “Multimistura”, que tem reprise diariamente no blog da emissora e nos portais DiarioPB, Blog do Vavá da Luz, Coletivo de Jornalistas Novos Rumos e no canal RadioTube.

Os comunicadores Dalmo Oliveira, Marcos Veloso, Beto Palhano e Fábio Mozart gravam blocos de 20 minutos que são retransmitidos por esses canais. A ideia é fazer o programa ao vivo, com a participação dos ouvintes, a partir de novembro. “Em tempo real, vamos arrebentar, porque esse formato funciona bem melhor com a interação de quem ouve”, acredita Dalmo Oliveira, o sonoplasta e diretor de produção do “Multimistura”.

Para Fábio Mozart, o “Multimistura” vem caindo no gosto do público ouvinte pela originalidade. “É um programa pra rir e pensar, em modo geral. A gente imaginou esse formato pra passar notícias e também pra debater os fatos que rolam no dia-a-dia de forma descontraída. Não é um programa jornalístico porque falta aquele conteúdo mais noticioso. É mais uma agenda gaiata que cada apresentador leva pra discutir, ou não, no Multimistura”, explica.

“O programa é gravado em bares, às vezes na garagem de algum locutor e, na maioria das ocasiões, acaba sendo gravado em fundo de quintal mesmo, que os caras já andam com as malas dos equipamentos. Onde pintar o clima, a galera arma a barraca do Multimistura e manda ver besteirada com humor inconsequente. Às vezes aparece um personagem que não faz parte da equipe e já entra no clima, já vira locutor do programa. Tem cabra que vai ser entrevistado e acaba sendo o entrevistador, é uma coisa assim meio que fora da ordem mesmo”, disse Beto Palhano, um dos comunicadores da Zumbi.


Dalmo Oliveira, jornalista e radialista de profissão, tem uma explicação técnica mais formal sobre o Multimistura. Ele diz que o Multimistura é “o uso irracional e inteligente da linguagem radiofônica em todas as suas possibilidades, inclusive histriônicas”. Para Dalmo, “Multimistura é a mais perfeita tradução do que os teóricos chamam de “Hot radio”, que não deixa o ouvinte pensar em desligar, com uma narrativa densa, provocante e envolvente”.