Ouça nossa webradio

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Justiça do MS proíbe rádio de citar prefeito de Aquidauana


A Justiça da comarca da cidade de Aquidauana (MS) proibiu a rádio comunitária FM Pantanal de fazer menção pejorativa ao prefeito Fauzi Suleiman (PMDB).

O prefeito ajuizou ação após a rádio - administrada por correligionários do ex-prefeito Felipe Orro (PDT) - ter divulgado notícias supostamente difamatórias e caluniosas contra o político.

Em Antecipação de Tutela Inibitória, o juiz José de Andrade Neto determinou multa de R$ 10 mil para cada menção injuriosa contra Suleiman de forma direta ou indireta, informa o site Aquidauana News.

Ao Portal IMPRENSA, a FM Pantanal informou que ainda não foi comunicada oficialmente da decisão e, que ao ser notificada, irá informar quais medidas serão tomadas pela direção da emissora.

Fauzi Suleiman declarou à reportagem que divergências políticas fazem parte do jogo democrático, mas que atos difamatórios devem ser punidos.

Questionado sobre suposta censura à FM Pantanal, o prefeito argumentou que apenas requisitou que a emissora "se restrinja a fazer comentários objetivos". "De maneira nenhuma. Pode criticar, só não pode desrespeitar e fugir dos critérios de informação jornalística", avaliou.
fonte: http://t-thomaz.blogspot.com